Fui ver o Waldir!

iG Minas Gerais |

Waldir Rodrigues foi um dos locutores esportivos de maior sucesso no Brasil. Premiado com três Troféus Gandula consecutivos, quando trabalhava em São Paulo, nas rádios Globo e Bandeirantes. Na época, era o prêmio mais cobiçado da categoria no país. Em 1959, transmitiu pela Rádio Itatiaia o primeiro jogo de uma emissora mineira do exterior. De Buenos Aires, Campeonato Sul-Americano (hoje Copa América), Brasil x Argentina, junto com Januário Carneiro e Osvaldo Faria. Foi quando o Januário, fundador da Itatiaia, disse a frase que ficou famosa e, até hoje, abre as transmissões esportivas da emissora: “Nós abrimos para o rádio de Minas, o caminho de todos os continentes”. Trabalhou também nas rádios Guarani, Capital, Inconfidência e Mineira e fez transmissões para várias emissoras do interior. Aposentou-se na Mineira. Era conhecido como “O mais internacional dos locutores”, já que era o jornalista mais viajado de Minas e um dos mais viajados do Brasil para o exterior. Hoje, com 80 anos, Waldir Rodrigues está no asilo Padre Antônio Ribeiro Pinto, na cidade de Rio Casca. A palavra “asilo” é pesada para o local, que na verdade é uma casa de repouso muito bem estruturada, onde os moradores têm toda assistência médica, psicológica e social.

Pelo contrário. A opção foi dele mesmo, nascida de uma conversa com o filho Fernando, engenheiro ambiental, em Viçosa. Depois de uma visita a ele, em BH, Fernando o achou “largado”, bebendo muito em função da aposentadoria, da falta do que fazer e da separação da segunda esposa, Fabiana. Waldir concordou com ele e acatou a sugestão de ir para o asilo.

Visita. Waldir Rodrigues pode ser ouvido pela internet www.extra105.com.br nesta rádio de nove anos de existência, porém, líder de audiência na região de Rio Casca e fundada por Álisson Ribeiro, que não perdeu a oportunidade de convidar e dividir a apresentação do programa Extra News com o Waldir. A atração vai ao ar de segunda a sexta, das 11h20 às 12h30.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave