Sete presos fogem de cadeia pública em Canápolis

Um homem armado entrou no local, rendeu o segurança e abriu todas as celas; dos 38 presos, sete fugiram

iG Minas Gerais | Barbara Ferreira |

Com um sistema de segurança precário, que conta com apenas um agente desarmado por turno, a cadeia pública de Canápolis, no Triângulo Mineiro, foi invadida na noite deste sábado (20). Um homem armado entrou no local, rendeu o segurança e abriu todas as celas. No entanto, sete dos 38 presos recolhidos na unidade, acabaram fugindo, conforme um funcionário. Até o fechamento desta edição, apenas um dos suspeitos havia sido recapturado.

De acordo com a Polícia Militar (PM), um dos fugitivos é um preso que faz parte de uma quadrilha de roubo de cargas de São Paulo e que seria o alvo da ação.Um dos funcionários da cadeia, que preferiu anonimato, confirmou que não trabalha armado e que o funcionário de plantão está sempre sozinho.

“A campainha da cadeia tocou, e o agente foi até lá para ver o que era. Ele cuidava sozinho de toda a segurança do local. Enquanto atendia o chamado, um segundo suspeito armado pulou o muro e o rendeu. De início, ele soltou apenas o preso que ele queria, mas, em seguida, obrigou o agente a abrir todas as celas e libertar os outros seis”, contou o funcionário.

Entre os fugitivos, está também um homicida conhecido na cidade. A PM informou que foi necessário pedir reforço de pelo menos 20 policiais de cidades vizinhas. Foi montado um bloqueio nas estradas da região e na zona rural.

A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou que a cadeia é de responsabilidade da Polícia Civil. A corporação informou que já foi feita a solicitação de reposição no quadro de funcionários. No entanto, não informou quantos serão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave