'Parecia um campo de futebol', diz Medina sobre torcida brasileira

Para surfista, mais novo campeão mundial, o apoio da torcida na última etapa foi diferente de qualquer outro no surfe

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O surfista brasileiro Gabriel Medina disse ter ficado impressionado com o apoio que recebeu da torcida brasileira na praia de Pipeline, no Havaí, na última etapa do Mundial de surfe que lhe garantiu o título inédito.

"A torcida que estava na praia foi incrível. Eles me ajudaram bastante. Parecia um campo de futebol. Tinha muita gente e até pessoas que nem entendiam de surfe. Achei isso muito doido porque nunca tinha acontecido no surfe", disse Medina, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, nesse sábado.

Sofre o fato de ter conquistado o título mundial com 20 anos, a mesma idade com que Kelly Slater -vencedor de 11 títulos na categoria - se sagrou campeão do mundo pela primeira vez, Medina disse não se importar, mas demonstrou respeito pelo norte-americano.

"Não penso em quantos títulos eu vou ganhar. Acabei de ganhar o primeiro e quero aproveitar ao máximo. Mas com certeza ele (Kelly Slater) é uma grande admiração para mim", disse o brasileiro.

Leia tudo sobre: medinasurfetorcidafutebolmundialbrasileira