Explosão no sudeste do Afeganistão deixa sete mortos

Duas vítimas eram crianças; a bomba foi detonada no momento em que uma caminhonete circulava na fronteira com o Paquistão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Sete pessoas, incluindo duas crianças, morreram na região sul do Afeganistão na explosão de uma bomba de fabricação caseira em uma estrada.

A bomba foi detonada no momento em que uma caminhonete circulava entre Asadabad, capital da província de Kunar, na fronteira com o Paquistão, e o distrito de Nari. O ataque deixou sete mortos e três feridos, segundo o chefe de polícia do distrito de Nari, Mohamad Yusuf, que acusou os insurgentes islamitas.

Este tipo de ataque e os atentados suicidas são as armas prediletas dos talibãs, responsáveis segundo um relatório da ONU por 75% das vítimas civis no conflito no Afeganistão. Segundo a ONU, o conflito entre as forças afegãs, apoiadas pela Otan, e a insurreição islamita está perto de superar este ano 10.000 vítimas civis, entre mortos e feridos.

O relatório das Nações Unidas atribui o número a uma intensificação dos atentados talibãs antes da retirada das forças de combate estrangeiras. AFP

Leia tudo sobre: AfeganistãoatentadobombasetemortosmortesconflitoPaquistão