Número de novatos vai crescer com anúncio de secretariado

Outro parlamentar que não venceu nas urnas e espera conseguir uma cadeira na Casa é Marques Abreu (PTB)

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

O grupo de 26 novatos que chega à Assembleia deve crescer para 30 nomes na primeira semana de janeiro. O secretariado de Fernando Pimentel (PT) deve levar ao menos quatro deputados para a Cidade Administrativa.  

André Quintão (PT), Paulo Guedes (PT), Tadeu Leite (PMDB) e Sávio Souza Cruz (PMDB) estão cotados para as pastas de Desenvolvimento Social, Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Turismo e Esportes e Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, respectivamente.

Se for confirmada a indicação para o primeiro escalão de Pimentel, quatro suplentes da coligação PT-PMDB-PROS-PRB poderão tomar posse em fevereiro. Na lista dos que estão prontos para assumir como primeiros suplentes estão Geisa Teixeira (PT), o deputado estadual Tony Carlos (PMDB), que não se reelegeu, João Alberto (PMDB) e Cristina Corrêa (PT).

Outro parlamentar que não venceu nas urnas e espera conseguir uma cadeira na Casa é Marques Abreu (PTB). Ele entrou com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pedindo a cassação do seu colega de partido, Márcio Santiago. Marques alega que Santiago cometeu abuso de poder econômico, político, religioso e dos meios de comunicação e que se beneficiou de um showmício para ser eleito. 

Sorteio

Gabinetes. A distribuição dos gabinetes entre os novos deputados é feita por meio de um sorteio. A divisão acontecerá na última semana janeiro, véspera do início do mandato parlamentar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave