Ex-Atlético, Paulo Autuori vai assumir o comando do Cerezo Osaka

Treinador volta ao futebol japonês após oito anos, quando esteve à frente do Kashima Antlers

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Críticas ao trabalho de Autuori estão cada vez maiores já que os resultados e a postura em campo têm decepcionado
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Críticas ao trabalho de Autuori estão cada vez maiores já que os resultados e a postura em campo têm decepcionado

Sem clube desde o último mês de abril, quando foi demitido do Atlético, o técnico Paulo Autuori vai retornar ao futebol japonês. Neste sábado, o treinador anunciou o acerto com o Cerezo Osaka por dois anos. Sendo assim, Autuori volta ao futebol oriental após oito anos, quando esteve à frente do Kashima Antlers.

O treinador também tinha propostas de outros clubes: um do Brasil, mas para atuar em outra função,  e um do mundo árabe. A sua apresentação no Cerezo Osaka está marcada para o mês de janeiro.

“Havia outras possibilidades, uma delas até em uma função diferente aqui no Brasil, mas preferi aceitar o convite do Cerezo Osaka. É muito bom ter o seu trabalho reconhecido por onde você já passou e ter a possibilidade de voltar. E a proposta que me fizeram tem muito a ver com aquilo que acredito e o que quero fazer no futebol, que é o trabalho de interação de jovens jogadores, além da ajuda na formação de novos treinadores”, disse Autuori.

Ao falar sobre o acerto com o futebol japonês, Paulo Autuori não escondeu a sua decepção com o esporte no Brasil, principalmente após a aprovação da medida provisória sobre parcelamento das dívidas dos clubes.

“As perspectivas não são boas, infelizmente. Essa decisão mostra que falta seriedade ao futebol brasileiro. Não acredito que haverá mudança em um futuro imediato. Parece até que já nos esquecemos dos 7 a 1”, destacou.

Leia tudo sobre: paulo autuoritecnicoex-galoacertocerezo osakajapao