Na mira do Cruzeiro, Leandro Damião desconversa sobre o futuro

Presidente Gilvan de Pinho Tavares quer dar um presente para a torcida no fim de semana, mas empresário do jogador afirmou não ter novidades

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

Leandro Damião foi contratado pelo Santos em dezembro de 2013
LUCAS BAPTISTA/ESTADÃO CONTEÚDO
Leandro Damião foi contratado pelo Santos em dezembro de 2013

Cobiçado pelo Cruzeiro, o atacante do Santos, Leandro Damião, disse desconhecer o seu futuro. Neste sábado, o jogador organizou uma partida beneficente em Taboão da Serra, no interior de São Paulo.

"Deixo tudo na mão do meu empresário para poder negociar e ter tranquilidade. Quando saí do Inter, foi assim. Estou tranquilo. Espero ajudar o máximo possível o meu empresário e curtir as férias", afirmou Damião.

Em rápido contato telefônico com a reportagem, o empresário do jogador, Vinícius Prates, afirmou não ter novidades sobre a negociação. "Me liga na segunda", pediu.

Na última sexta-feira, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, disse que queria dar um presente de Natal para a torcida neste sábado ou no domingo. O dirigente, no entanto, só confirmará qualquer transação quando tudo já estiver assinado.

O presidente eleito do Santos, Modesto Roma, declarou, antes de ser candidato, que era contra a contratação de Leandro Damião, adquirido do Internacional, em dezembro de 2013, por quase R$ 42 milhões.

A intenção, agora, seria emprestá-lo e ainda conseguir de troco bons jogadores para qualificar o elenco. O atacante Dagoberto e os meia-atacante Élber e Pedro Ken seriam as opções.

A negociação depende ainda do aval do Doyen Sports, grupo de investidor que levou o atacante do Internacional para o Santos.

Leia tudo sobre: SantosCruzeiroLeandro Damião