Sete mortos em confrontos entre policiais e rebeldes no Paquistão

Policial, soltado paramilitar e rebeldes do grupo extremista Tehreek-e-Taliban Pakistán morreram durante o confronto

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

DAVID GUTTENFELDER/ASSOCIATED PRESS
undefined

Sete pessoas, incluindo um policial e um soldado paramilitar, morreram em dois incidentes diferentes neste sábado, quando as forças de segurança paquistanesas procuravam esconderijos de grupos rebeldes na conturbada região noroeste do país, anunciaram as autoridades.

No primeiro incidente, a polícia e soldados paramilitares revistaram supostos esconderijos no bairro de Mechani, na cidade de Shabqadar, que fica 30 km ao norte de Peshawar.

"Um soldado do Corpo de Fronteiras e um policial abraçaram o martírio em um tiroteio com rebeldes no bairro Mechani, de Shabqadar, na manhã deste sábado", disse à AFP Wilayat Khan, oficial da polícia local.

Segundo o policial, no confronto também morreram rebeldes do Tehreek-e-Taliban Pakistán (TTP), o grupo que cometeu na terça-feira o massacre em uma escola militar de Peshawar, o mais violento da história do Paquistão, com 149 mortos, em sua grande maioria crianças.

Em outro incidentes, cinco membros do TTP, incluindo o comandante local, morreram em Gujjar Gadi, um bairro de Matni, outra cidade próxima de Peshawar. AFP

Leia tudo sobre: Paquistãorebeldesmortesconfrontos