Coreia do Norte pede investigação conjunta com EUA sobre ataque a Sony

"Sem necessidade de recorrer às torturas utilizadas pela CIA, podemos demonstrar que este incidente não tem nada a ver conosco", afirma a nota do governo norte-coreano

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Coreia do Norte pediu neste sábado uma investigação conjunta com os Estados Unidos sobre o ataque cibernético contra a Sony Pictures, ao mesmo tempo que repetiu não ter qualquer relação com a ação dos hackers, ao contrário do que afirma o FBI.

"Diante das afirmações sem fundamento e difamatórias que os Estados Unidos estão propagando, propomos uma investigação conjunta sobre este incidente", afirma um comunicado do ministério norte-coreano das Relações Exteriores.

"Sem necessidade de recorrer às torturas utilizadas pela CIA, podemos demonstrar que este incidente não tem nada a ver conosco", afirma a nota, citada pela agência oficial norte-coreana KCNA. AFP

Leia tudo sobre: hackersataquesonyestados unidosobamacoreia do norte