Etiene Medeiros bate recorde sul-americano dos 50 m costas no Rio

Com a marca de 27s37, ela bateu a marca que pertencia a Fabíola Molina desde 2009 e obteve índice para o Mundial de Kazan, em julho de 2015

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Etiene Medeiros terá pouco tempo de descanso após chegar o Brasil nesta terça-feira
SATIRO SODRE
Etiene Medeiros terá pouco tempo de descanso após chegar o Brasil nesta terça-feira

Depois de brilhar no Mundial em piscina curta (25 m) de Doha, no início do mês, a nadadora Etiene Medeiros, 23, comprovou a boa fase no Torneio Open, que ocorre na piscina do Botafogo, no Rio. A pernambucana venceu a prova na competição, que é realizada em piscina de 50 m. Com a marca de 27s37, ela bateu o recorde sul-americano que pertencia a Fabíola Molina desde 2009 e obteve índice para o Mundial de Kazan, em julho de 2015. "Acho que fechei o ano com chave de ouro. Estou em uma fase muito boa", afirmou a nadadora, que defende o Sesi, de São Paulo. Em Doha, Etiene quebrou o recorde mundial da prova em 25 m ao cravar 25s67. Foi o primeiro título mundial de uma nadadora brasileira na história. "Minha confiança está muito boa. Imagina até bater o recorde mundial aqui de novo (na piscina longa), nessa cidade maravilhosa. Era meu objetivo, mas está bom", disse. Ela ficou a 30 centésimos do recorde mundial, que pertence à chinesa Jing Zhao, mas não se importou. "O ano foi excelente. Deu realmente o resultado que queríamos", disse.

Leia tudo sobre: Etiene MedeirosNatacaorecordeSul-americanoindicemundialKazan