FBI responsabiliza a Coreia do Norte pelo ciberataque à Sony

Órgão de investigação norte-americano afirmou que pretende "identificar, perseguir e fazer pagar os custos e as consequências aos indivíduos" que ameaçam os EUA por meios cibernéticos

iG Minas Gerais | AFP |

A Coreia do Norte está por trás do ciberataque contra o estúdio Sony Pictures que resultou no cancelamento de uma comédia parodiando o líder Kim Jong-un, afirmou o FBI em um comunicado.

"O FBI tem provas suficientes para concluir que o governo norte-coreano é responsável por estas ações", escreveu a polícia federal americana.

"Estes atos de intimidação são um comportamento inaceitável de um Estado", acrescentou o texto.

O FBI vai "identificar, perseguir e fazer pagar os custos e as consequências aos indivíduos, grupos ou nações que usem meios cibernéticos para ameaçar os Estados Unidos ou os interesses", acrescentou a instituição.

"A Entrevista" é uma comédia de enredos, protagonizada por James Franco e Seth Rogen, sobre um complô orquestrado pela CIA para matar o líder norte-coreano Kim Jong-un.

O longa estrearia em 25 de dezembro nos Estados Unidos, mas a Sony Pictures teve que cancelar seu lançamento depois que os hackers, que já tinham causado um grave problema à empresa depois da divulgação de roteiros, documentos e e-mails privados, fizeram graves ameaças a todo aquele que for ao cinema ver o longa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave