Garagem: use com respeito e sabedoria

iG Minas Gerais | Kênio Pereira |

A falta de bom senso no uso das áreas comuns, especialmente na garagem, costuma causar discussões nos edifícios, que às vezes levam a tragédias. Ao comprar um apartamento, casa em condomínio ou sala, a pessoa deve analisar com muito cuidado as condições das vagas de garagem, pois se forem problemáticas, poderão tornar a convivência muito difícil entre vizinhos.    GARAGEM VALORIZA O IMÓVEL As vagas de garagem podem ser o fator determinante para a compra ou locação de imóvel, pois dependendo da região da cidade, varia entre R$25 mil a R$100 mil. Mas a sua falta pode derrubar o preço do imóvel e dificultar sua comercialização.    MANUAL PARA TER SATISFAÇÃO AO UTILIZAR A GARAGEM 1- Não estacione na vaga do vizinho sem autorização, mesmo que este não possua veículo. Certamente qualquer pessoa fica chateada ao ver que sua propriedade não é respeitada, sendo irritante pedir ao folgado para retirar o carro. 2 - Não use a vaga como depósito de materiais, guarda-móveis, vasos dentre outros. Deixar entulhos por vários dias causa sujeira e prejudica os vizinhos.  3 - Não estacione fora da demarcação da vaga, não encoste no para-choque de outro carro porque o danifica. Seja gentil e posicione seu automóvel o mais distante possível do carro ao lado para facilitar o acesso. Assim, ajudará seu vizinho e reduzirá o risco de ter seu carro abalroado.  4 - Abra a porta com cuidado para não atingir a lateral do carro ao lado. Respeite o patrimônio alheio, pois mesmo que pague pela pintura danificada, a sua falta de cuidado desvalorizará o carro, prejudicando a futura revenda.  5 - Não buzine ou acelere o carro na garagem ou na frente do prédio, especialmente antes das 09:00h e após as 21:00 horas, pois os vizinhos têm direito de descansar. 6 – Se no condomínio é permitido lavar o carro, o faça sem sujar o chão e os automóveis dos vizinhos. Se respingar, lave o carro do vizinho e mostre que é consciente e tem consideração pelos outros.  7 – Não deixe seu carro pingando óleo no piso. Se sujar, limpe. Caso contrário, o síndico poderá aplicar a lei e exigir que o descuidado pague pela pintura do piso. Quem tem educação não precisa ser alertado de que aquele que danifica tem que reparar.  8 – Reponha no lugar o carrinho de compras, pois você não o encontrou dentro do elevador. Colabore e procure preservar um ambiente colaborativo e saudável. 9 – Não utilize a vaga destinada a visita/rotativa como se fosse sua, pois você sabe o que adquiriu e os limites de seu direito.   DEVER DE RESPEITAR NORMAS DE SEGURANÇA  10 – Verifique que o portão está trancado ao passar. Evite que um ladrão aproveite de sua displicência e venha colocar em risco a sua vida e dos moradores.  11 – Não sabote as regras de segurança do condomínio deixando de, por exemplo, abrir a janela do automóvel quando o porteiro exigir para verificar se realmente é um morador. O ladrão, ao constatar que o edifício é criterioso, preferirá sequestrar/assaltar outro local. Seja inteligente. Abra o vidro, se identifique e respeite o direito da coletividade em reduzir os riscos.    Quem facilita a entrada de um assaltante, ocasiona situações desgastantes, danifica as paredes e carros dos vizinhos, pode ser responsabilizado a indenizar pelo dano, bem como multado em até 10 vezes o valor do condomínio. Mas com certeza é dispensável para você, pois é educado, respeita as regras e valoriza um ambiente saudável.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave