Ação contra o tráfico desarticula quadrilha na Pedreira Prado Lopes

Esquema era comandado por líder que está preso; grupo fazia rodízio de vendas com outros criminosos para que ninguém ficasse no prejuízo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma operação da Polícia Federal, com apoio da Polícia Militar, contra o tráfico de drogas no aglomerado Pedreira Prado Lopes, na região Noroeste de Belo Horizonte, terminou com 32 presos na manhã desta sexta-feira (19). O que chamou a atenção dos policiais foi que o grupo vivia pacificamente com outras quadrilhas montando até um rodízio de venda para que nenhum bandido fosse prejudicado.

A ação começou na madrugada desta sexta e contou com a presença de 120 policiais federais e 70 militares, além do apoio da equipe do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo e da  Ronda Ostensiva com Cães Adestrados (Rocca), ambas da Polícia Militar.

Além dos 32 mandados de prisão preventiva, a polícia cumpriu 22 mandados de busca e apreensão, sequestro de veículos e imóveis e bloqueios de contas bancárias.

Ainda não há informações de quantas pessoas foram presas.

Chefe na prisão

Ainda conforme a Polícia Federal, o chefe da quadrilha está preso e, mesmo assim, comandava o tráfico no aglomerado. Os entorpecentes em adquiridos em outros Estados e eram comercializadas na capital mineira.

Boa vizinhança

O comércio da quadrilha no aglomerado era bem dividido. Para que nenhum grupo criminoso tivesse problemas, os bandidos estabeleciam escalas de venda,  definindo quantidades de drogas comercializadas e, até mesmo, um rodízio no tráfico em determinados pontos, logística por eles batizada como “campeonato”.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave