A voz Celeste

iG Minas Gerais |

Saudações celestes, nação azul. Nesta semana, a calçada da fama cinco estrelas recebeu os pés abençoados de Tostão, que, junto com Dirceu Lopes, forma a dupla dos maiores jogadores não só da história do Cruzeiro, como do futebol mineiro. Maior que eles não existiu até os dias de hoje. Tostão foi jogador imprescindível na primeira grande conquista mineira de expressão nacional, a Taça Brasil, o Campeonato Brasileiro de 66, sobre o Santos de Pelé, Pepe e Coutinho, além de sagrar-se tricampeão do mundo, representando muito bem o futebol celeste e o das Alterosas. Tostão foi um jogador além do seu tempo, extremamente habilidoso, técnico e inteligente. Não é apenas um dos maiores heróis do Cruzeiro, é um ídolo do povo e uma lenda viva dos amantes do futebol. Foi um gênio da bola, um guerreiro honrado das cores do maior de Minas.

Avacoelhada

 O discurso de aproveitar e trabalhar os promovidos da base no profissional deve ser alinhado e planejado pela diretoria e a comissão técnica. Em 2012, o América errou no desenvolvimento e no aproveitamento dos campeões brasileiros sub-20. Faltou planejamento na escalação dos pratas da casa. Matheus poderia ter entrado no lugar de Neneca nos jogos do Mineiro e ter participado da Copa Libertadores de juniores. Lula, ter jogado mais vezes que Everton Luiz, ao lado de Gabriel. Patrick e Bryan, terem revezado com Rodrigo Hefner e Pará. China, formar o meio de campo com Dudu, Moisés e Rodriguinho, mais a participação de Kaio. Ainda oportunidades para Anderson e Lula jogarem juntos. Os atletas em formação participaram mais do futevôlei do que dos coletivos entre titulares e reservas. Só foram escalados em situações emergenciais.

A voz da Massa

Saudações alvinegras! Pedro Botelho e Edcarlos renovaram contrato com o Galo. Sobre o primeiro, as observações são simples: é bom lateral, sabe marcar e apoia bem o ataque. Então tinha que ficar mesmo. Sobre Edcarlos, eu tinha dúvidas da permanência dele no clube. Mas acontece que a sua renovação foi um pedido especial de ninguém menos que Levir Culpi. Aí não dá pra negar! Na minha opinião, tecnicamente, todos os outros jogadores da posição são melhores do que ele, inclusive Tiago, que chegou no meio deste ano. Mas eu conheço bem o nosso treinador e sei que ele valoriza também o extracampo de seus escolhidos. Levir considera que Edcarlos fora de campo é um cara bom de grupo e um líder do bem, e isso pesou na hora da renovação dele. Porque, se fosse valer só o que ele fez dentro das quatro linhas, acho que o zagueiro não ficava não... 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave