Xeque-mate para o serial killer Edu no último episódio de “Dupla Identidade”

Produção promete suspense, drama e surpresas hoje à noite

iG Minas Gerais | da redação |

O ator Bruno Gagliasso encerra a produção feliz com seu psicopata
Globo
O ator Bruno Gagliasso encerra a produção feliz com seu psicopata

Em recente entrevista ao portal GShow, Bruno Gagliasso disse estar com insônia, diante do mergulho que deu em Edu, seu personagem na série “Dupla Identidade” (Globo). Pois a insônia do ator pode acabar hoje, com a exibição do último episódio da produção assinada por Glória Perez, que vai ao ar após o “Globo Repórter”.

Suspense, drama e surpresas dão o tom do desfecho da série, que promete um fim surpreendente para o serial killer Edu. Namorado perfeito, sedutor, grande amigo e bom partido, Edu assombrou o Rio de janeiro com uma série de assassinatos e desafiou os esforços da polícia na caçada contra o criminoso.

Frio e calculista, o serial killer encarnado por Bruno Gagliasso brincou com os detetives Dias (Marcello Novaes) e Vera (Luana Piovani). Mas suas ações contraditórias o levaram a ser o principal suspeito da polícia.

Feliz com a repercussão de seu personagem e da série – “Dupla Identidade” teve média de 16 pontos no Ibope –, Gagliasso conta que Edu mexeu com o imaginário das pessoas. “A fascinação que serial killers provocam em algumas pessoas para mim é um mistério. Eles são sedutores, inteligentes, mas, acima de tudo, são perigosos. Isso, de alguma forma, seduz as pessoas”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave