Guarda-chuvas para uma noite que promete

Matanza, Confronto, Diabo Verde e Pense HC tocam, no sábado, trazendo uma chuva de agressividade ao público

iG Minas Gerais | fábio corrêa |

Pense HC, da esq, para a direita: Lucas (vocal), Ítalo (guitarra), Danilo (bateria), Cristiano (guitarra) e Judá (baixo)
Deivide Leme
Pense HC, da esq, para a direita: Lucas (vocal), Ítalo (guitarra), Danilo (bateria), Cristiano (guitarra) e Judá (baixo)

Em 15 anos de estrada, o Matanza já passou por poucas e boas. Mesmo rendendo ótimos momentos, as turnês, algumas vezes, acabaram surpreendendo negativamente os cariocas com atrasos e dificuldades na organização. Para evitar isso, a banda resolveu, em 2012, criar o seu próprio festival. E deu certo: amanhã, o Music Hall recebe a terceira edição do Matanza Fest.

“Nossa ideia é um show ideal, porque as pessoas merecem o correto pelo que elas estão pagando”, conta o vocalista Jimmy London. “E nós, como músicos, também queremos tudo no horário, com as coisas funcionando. Dá um trabalho do cão, mas é muito recompensador.”

Segundo ele, o Matanza assume toda a organização, seja por meio do escritório da banda ou de produtores parceiros nas cidades dos shows. Dessa forma, o Matanza Fest conseguiu (depois de passar por Rio, Volta Redonda, São Paulo e Porto Alegre) reunir três bandas no show de Belo Horizonte: os mineiros Pense HC e os cariocas Confronto e Diabo Verde. Além, é claro, do Matanza, que promete uma apresentação especial.

Para celebrar os 13 anos do primeiro disco, o Matanza irá tocar, na íntegra, as 12 músicas de “Santa Madre Cassino”. Além de hits como “Ela Roubou Meu Caminhão”, que integra o disco, o show terá a participação do guitarrista Marco Donilda, que não se apresenta com a banda há seis anos.

Na outra parte do show, o Matanza fará um apanhado dos outros cinco discos e, de quebra, ainda vai tocar “Matadouro 18”, música inédita que integrará o novo álbum da banda, programado para 2015. Tudo isso, é claro, motivado pela histórica vocação de Belo Horizonte para o som pesado. “Minas é tradicionalmente do rock, dos camisas pretas, berço de bandas como Sepultura e Chakal”, ressalta Jimmy, fazendo um convite mais que atrativo: “Esperem o pior e levem guarda-chuvas, porque vai chover sangue”, brinca.

Parceiros. Prata da casa, o Pense HC estreia no Matanza Fest para fechar um 2014 mais que especial. A banda, que faz um hardcore melódico com influências de new metal, lançou neste ano o segundo álbum da carreira, “Além Daquilo que Te Cega”. Pela turnê do disco, o Pense HC rodou o país,além de terem feito shows de abertura para o Dead Fish e os norte-americanos do P.O.D.

O trabalho mais recente, inclusive, tem sido bem recebido pela público. “As apresentações têm tido uma participação muito empolgante dos fãs”, conta o guitarrista Ítalo Nonato. “O primeiro show da tour, em São Paulo, aconteceu 20 dias após o lançamento e tinha gente cantando todas as músicas do começo ao fim”, relembra, ressaltando que eventos como o Matanza Fest são oportunidades para atingir um público maior, que não conhece o som do Pense HC.

Público, inclusive, que não tem sido um problema para o Matanza Fest. Em 2013, o evento recebeu um total de 40 mil pessoas. Para este ano, Jimmy London espera um pouco menos, 20 mil. O número não deixa de ser impressionante para um evento realizado sem patrocinadores.

“A gente continua aprendendo muito”, avalia o vocalista. “Este ano estamos fazendo com menos cidades no roteiro. Temos que nos adequar à realidade, explicar para os músicos o que está a nosso alcance”, diz. E a sinceridade dá certo: em 2014, o Matanza Fest trouxe nomes internacionais como o Brujeria e o Biohazard, que, por problemas de agenda, não puderam vir a BH. Quem sabe em 2015? Uma nova edição do Matanza Fest já está programada.

Serviço.  Matanza Fest, com as bandas Pense HC (BH), Diabo Verde (RJ), Confronto (RJ) e Matanza (RJ); amanhã, a partir das 20h, no Music Hall, (av. do Contorno, 3239, Santa Efigênia). Ingressos: R$ 50 (1º lote), R$ 60 (2º lote) e R$ 70 (3º lote). 16 anos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave