Nega cigarro e leva dois tiros

M Vítima andava pela rua José Gomes Ferreira quando foi abordada por indivíduo desconhecido

iG Minas Gerais | DAYSE RESENDE |


Na rua do crime, ninguém soube falar sobre o ocorrido
ALEX DOUGLAS / O TEMPO
Na rua do crime, ninguém soube falar sobre o ocorrido

Uma futilidade pode ter sido o motivo pelo qual um homem de 38 foi baleado na madrugada de ontem no bairro Amazonas, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo informações da Polícia Militar, Marcos Paulo de Souza andava pela rua José Gomes Ferreira quando um carro parou do lado dele e o motorista pediu um cigarro. Ele disse que não tinha, e o condutor atirou duas vezes.

Uma bala acertou o pescoço e, a outra, o rosto da vítima, que foi socorrida e encaminhada para a Unidade de Atendimento Imediato (UAI) do bairro Teresópolis.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde, após receber os primeiros socorros, Souza foi transferido, ainda de madrugada, para o hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Na tarde de ontem, a assessoria da unidade de saúde informou que o quadro do paciente era estável e que ele respirava sem a ajuda de aparelhos. Estável

Ainda de acordo com a PM, a vítima não soube dar detalhes sobre o perfil do autor nem o modelo do carro em que ele estava. Disse apenas que, após efetuar os disparos, o indivíduo fugiu.

Até o fechamento desta edição, nenhum suspeito havia sido preso. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Trocam tiros com a PM

Um homem de 22 anos ficou ferido, anteontem, depois de trocar tiros com militares que faziam patrulhamento no Jardim Santa Cruz. Segundo a PM, Gabriel de Paula Vasconcelos e um menor de 22 anos foram flagrados em um veículo clonado. Vasconcelos foi levado para o Hospital Regional e não corre risco de morrer. <CF702>(DR)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave