Falta de acessibilidade causa transtornos na Estação Vilarinho

Patrícia Daniele de Souza planejou fazer um passeio com o irmão que é portador de deficiência mental, mas o transtorno começou quando eles precisaram utilizar o elevador, que estava desligado

iG Minas Gerais | Breno de Araújo |

A falta de acessibilidade para quem desce na Estação Vilarinho do metrô e quer acessar o Shopping Estação BH, na região de Venda Nova, causou transtornos na tarde desta quinta-feira (18), em Belo Horizonte.

Patrícia Daniele de Souza, que é assistente social e tem 43 anos, planejou fazer um passeio com o irmão, de 40 anos, que é portador de deficiência mental. Mas o transtorno começou quando eles precisaram utilizar o elevador, que estava desligado.

Patrícia procurou ajuda e, segundo ela, foi orientada por funcionários da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) a carregar o irmão escada acima, se quisesse acessar o shopping.

Indignada a assistente social chamou a Polícia Militar e registrou um Boletim de Ocorrência. Ela pretende acionar a justiça pela falta de acessibilidade no local, o que não foi a primeira vez.

Por meio de nota a BHTRANS informou que a responsabilidade pela manutenção do elevador em questão é da CBTU. Nossa reportagem não conseguiu fazer contato com a CBTU.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave