Movimento faz protesto contra o reajuste das passagens de ônibus

Integrantes do Movimento Tarifa Zero percorreram ruas do centro e puseram fogo em uma catraca no meio da pista do Move; BHTrans ainda não confirmou o reajuste

iG Minas Gerais | Breno de Araújo / Raíssa Pedrosa |

Cerca de 40 pessoas se manifestaram na tarde desta quinta-feira no centro de Belo Horizonte. Eles são integrantes do Movimento Tarifa Zero e protestavam contra o aumento das passagens de ônibus.

Os manifestantes se concentraram na rua dos Carijós com avenida Curitiba e seguiram para avenida Amazonas. Depois, seguiram para a rua dos Tupis e foram para a pista do Move.

Cerca de 15 ônibus do Move ficaram retidos. Os manifestantes levaram para o meio da pista uma catraca, símbolo que eles sempre carregam, e puseram fogo nela.

Por volta das 18h50, o grupo subiu a rua Tupinambás e seguiu pela avenida Afonso Pena até chegar à praça Sete, onde se dispersou.

Segundo uma integrante do movimento, a estudante de direito, Letícia Dirchar, de 21 anos, o dia 29 de dezembro é conhecido como a data em que as tarifas de ônibus são reajustadas;  "o protesto de hoje é para reivindicar que esse aumento não aconteça".

Durante o protesto usuários do transporte público e motoristas ficaram irritados pela lentidão causada no trânsito do centro, ainda mais nessa época em que muita gente vai às compras por causa do Natal.

De acordo com a empresa que gerencia o transporte na Capital, BHTrans, o aumento ainda não foi confirmado.

Aproximadamente 20 Policiais Militares, três viaturas e duas motos da corporação acompanharam os manifestantes. Não houve registro de violência.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave