Menor atira na mãe depois dela impedí-lo de dormir com a namorada

Polícia Civil pediu pela internação do adolescente, porém, ainda depende do parecer do Ministério Público para cumprí-la

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

A Polícia Civil (PC) solicitou a internação do adolescente de 17 anos que atirou contra a própria mãe por ela não deixá-lo dormir com a namorada, em Santana do Paraíso, no Vale do Rio Doce, na última terça-feira (16). 

Conforme a Polícia Militar (PM), a mãe de 36 anos acionou a corporação por volta das 21h45 depois que o filho chegou acompanhado da namorada. O casal se deitou em um colchão na sala e ficou assistindo televisão. Após algum tempo a mulher avisou ao filho que a moça não poderia dormir na casa, momento em que o menor ficou agressivo e se levantou passando a afrontá-la. 

O adolescente dizia que eles iriam dormir juntos e que ninguém poderia impedí-los, chegando a ameaçar de despejar toda a sua família da casa. Após sair da residência para chamar a PM, a mãe retornou para o interior e viu que o filho continuava muito irritado, passando a fazer ameaças de que iria matá-la. 

Com medo, a mulher saiu mais uma vez da casa e, de repente, quando olhou para trás, viu o filho empunhando uma espingarda tipo chumbeira em sua direção. Um disparo chegou a ser efetuado por ele, mas, felizmente, a mãe não chegou a ser atingida. Pouco depois a viatura da polícia chegou e deteve o adolescente, que ainda os levou até a casa de outro menor onde a arma estava escondida. 

A arma e os dois garotos foram apreendidos em flagrante e encaminhados para a Delegacia do município. Nesta quinta-feira (18), o pedido de internação do adolescente já havia sido feito, dependendo apenas do parecer do Ministério Público para ser cumprida. 

Leia tudo sobre: menoratiramãesantana do paraísonão deixardormircom a namoradapresoapreendidodetidointernaçãopolícia civil