“Lucas Silva só em julho”, garante presidente do Real Madrid

Florentino Pérez afirmou em entrevista à rádio Cadena SER, da Espanha, que o time não irá trazer nenhum jogador para o início do ano

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Volante deve permanecer no Cruzeiro, pelo menos até julho do ano que vem
Divulgação/ Cruzeiro
Volante deve permanecer no Cruzeiro, pelo menos até julho do ano que vem

O Real Madrid que estava disposto a tirar o volante Lucas Silva, do Cruzeiro, já em janeiro, parece que mudou de ideia e vai “levar” o jogador apenas em julho do ano que vem. É o que garante o presidente do clube, Florentino Pérez, que em entrevista à rádio Cadena SER, da Espanha, afirmou que a equipe não irá contratar nenhum jogador – em circunstâncias normais- na próxima janela de transferência internacional, que abre no primeiro mês de 2015.

“Exceto em circunstâncias extraordinárias, não contratamos no mercado de inverno (em janeiro), e agora não há (circunstâncias extraordinárias). Se Lucas Silva tiver que vir, será nas circunstâncias normais de verão (em julho)”, revelou Pérez.

O jornal espanhol Marca revelou na manhã desta quinta-feira, que o técnico do Real, Carlo Ancelotti também pediu que a contratação do atleta celeste fosse adiada. O motivo seria a recuperação do meio-campista, Luka Modric, que está afastado dos gramados, devido a uma lesão na coxa esquerda. A expectativa é de que o croata volte aos treinos em fevereiro.

Outro motivo que também poderia ter influenciado na “desistência” do Real, seria a recusa do Cruzeiro em liberar Lucas Silva por 12 milhões de euros ( cerca de R$ 40 mi). A equipe madrilenha teve duas propostas recusadas pela Raposa, que garante que só vai liberar o atleta por 15 milhões de euros (aproximadamente R$50 mi).

Dessa maneira, o mais provável é que Lucas Silva permaneça no time estrelado, pelo menos até o meio de 2015. O Arsenal-ING seria outro time interessado no volante e estaria disposto a pagar o valor pedido pela Raposa, mas ainda não fez nenhuma proposta oficial pelo jogador. 

Leia tudo sobre: lucas silvareal madridcruzeiroflorentino perezpresidentearsenal