Ocidente se comporta como um 'império' com seus 'vassalos', diz Putin

"Nossos sócios (ocidentais) não pararam; decidiram que são vencedores, que agora são um império e que os outros são vassalos e que devem ser encurralados", disse o presidente em sua entrevista coletiva anual

iG Minas Gerais | AFP |

KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP
undefined

O presidente russo, Vladimir Putin, acusou nesta quinta-feira o Ocidente de comportar-se como um "império" e de tratar os outros países como seus "vassalos".

"Nossos sócios (ocidentais) não pararam. Decidiram que são vencedores, que agora são um império e que os outros são vassalos e que devem ser encurralados", disse Putin em sua entrevista coletiva anual, em referência às tensões com o Ocidente provocadas pelo conflito na Ucrânia.

A respeito da guerra, Putin denunciou uma "operação de punição" iniciada, segundo ele, por Kiev contra os separatistas pró-Rússia do leste da Ucrânia.

"Depois do golpe de Estado em Kiev através da força armada, as novas autoridades ucranianas não quiseram dialogar com o leste pró-Rússia e enviaram a polícia, o exército quando isto não foi suficiente e agora instauraram um bloqueio econômico", completou.

O leste da Ucrânia é cenário de um conflito entre as forças de Kiev - apoiadas pelos ocidentais - e os separatistas pró-Rússia, que provocou mais de 4.600 mortes desde abril.

Leia tudo sobre: RÚSSIACRISEPUTINVASSALOSOCIDENTEIMPÉRIOMUNDOECONOMIACOMPORTAMENTOENTREVISTA COLETIVA