Alonso diz que terá paciência por vitórias na McLaren

O último triunfo da equipe britânica aconteceu no GP Brasil de 2012, quando Jenson Button chegou em primeiro lugar

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Alonso também acredita que o time britânico irá superar a fase difícil e vai fazer uma boa temporada em 2015
Divulgação/ McLaren
Alonso também acredita que o time britânico irá superar a fase difícil e vai fazer uma boa temporada em 2015

Depois de deixar uma Ferrari em crise e sem vencer uma corrida há mais de um ano por uma McLaren em um jejum de vitórias ainda mais longo -já são mais de duas temporadas sem um triunfo-, Fernando Alonso disse estar disposto a ter paciência em seu novo time.

"Estou aqui para vencer, mas não para vencer no primeiro dia", afirmou o piloto espanhol, que passou os últimos cinco anos em Maranello e conquistou três vice-campeonatos mundiais.

"Se precisarmos passar por um período difícil de aprendizado, estou aqui para isso e nós estamos comprometidos a trabalhar juntos pelo nosso objetivo, que é ver a McLaren de volta ao topo." No ano que vem, a equipe inglesa voltará a usar os motores da Honda e seu objetivo e voltar a lutar não só por vitórias como por títulos.

O último triunfo da McLaren aconteceu no GP Brasil de 2012, com Jenson Button, e o último Mundial conquistado pelo time foi em 2008, com Lewis Hamilton.

No campeonato de construtores o jejum é ainda maior, já que o último campeonato conquistado pela McLaren foi o de 1998.

Mas, apesar do período difícil que a McLaren atravessa (foram apenas dois pódios em 2014), Alonso acredita que melhores dias virão.

"Há alguns sinais de que as coisas estão melhorando, especialmente com os novos nomes que estão chegando para se juntar à equipe, além de uma mudança de filosofia", declarou o bicampeão, que teve uma passagem de um ano pelo time antes, em 2007.

"Quando uma equipe não está desempenhando 100% de sua capacidade normalmente é hora de parar tudo e olhar para ver quais são os problemas e encontrar uma solução. E é justamente este processo pelo qual o time está passando agora e estamos todos aqui, juntos, para trabalhar para vencer", completou Alonso.

Além dele, o time terá Button como piloto no campeonato de 2015, que começa em 15 de março.

Leia tudo sobre: fernando alonsomclaren2015ferrariformula 1