Irmãos sequestram, torturam e matam jovem a tiros em Juiz de Fora

Vítima não teria pago droga, além de furtar uma arma dos suspeitos

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Dois irmãos de 25 e 23 anos foram presos após sequestrarem, torturarem e assassinarem um jovem em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. O corpo foi encontrado nessa quarta-feira (17) em uma estrada da cidade.

De acordo com o delegado responsável pela Delegacia de Homicídios de Juiz de Fora, Rodrigo Rolli, o jovem foi sequestrado na noite de terça-feira (16) na frente da namorada, uma adolescente de 14 anos. “O casal estava namorando no bairro São Judas Tadeu quando os dois jovens chegaram e chamaram a vítima para um 'acerto de contas'. O homem teve que entrar no carro e seguir com os suspeitos”, explicou o delegado.

Igor da Silveira Costa se despediu da namorada, que foi embora para casa. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizar o corpo na madrugada de quarta. Costa apresentava, além de três perfurações por arma de fogo, várias lesões por espancamento. “Através de denúncias anônimas, populares contaram que o Igor apanhou a madrugada toda. Ele estava muito machucado e até uma corda foi utilizada durante o crime”, disse Rolli.

Durante rastreamento, os suspeitos foram encontrados em um carro com um terceiro homem de 22 anos. No veículo estavam algumas anéis e correntes de prata do jovem, além de 42 pedras de crack e algumas buchas de maconha.

“Vítima e suspeitos têm envolvimento com o tráfico de drogas. Tivemos informações que, em datas anteriores, o Igor pegou droga e não pagou, além de ter  furtado uma arma dos irmãos”, contou o policial.

Os três suspeitos foram encaminhados à delegacia da cidade. O jovem que estava com os suspeitos do homicídio vai responder pelo crime de tráfico de drogas, com pena que varia de cinco a 15 anos de prisão. Já os irmãos foram indiciados por homicídio qualificado por motivo fútil e meio cruel, com pena de 12 a 30 anos. Além do tráfico de drogas.

O trio foi encaminhado ao presídio da cidade.

Declaração para mãe antes de morrer

Antes de morrer, Costa fez uma declaração para a mãe. Em depoimento, sua namorada informou que ele pediu que a adolescente enviasse um recado para ela.

“Segundo a menor, o Igor pediu para que ela fosse até a sua casa e dissesse para a sogra, mãe dele, que a amava muito. Além disso, a vítima queria o perdão da mãe pelo envolvimento com o mundo do crime. No entanto, o recado só seria dado se ele não voltasse”, disse o delegado.

O corpo de Costa será sepultado nesta quinta-feira (19).  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave