Minas exige do líder, mas vitória em casa fica pelo caminho

Equipe teve desfalques e chegou a incomodar os paulistas, antes de cair de rendimento no terceiro quarto

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Esportes - Belo Horizonte, Mg. NBB - Novo Basquete Brasil. Basquete Masculino. Minas Tenis Clube x Winner, na arena do Minas em Belo Horizonte. Fotos: Leo Fontes / O Tempo -  17.12.14
LEO FONTES / O TEMPO
Esportes - Belo Horizonte, Mg. NBB - Novo Basquete Brasil. Basquete Masculino. Minas Tenis Clube x Winner, na arena do Minas em Belo Horizonte. Fotos: Leo Fontes / O Tempo - 17.12.14

Mesmo diante do líder Winner-Limeira,  o Minas fez um jogo duro, como tem acontecido com frequência nesta temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). Em casa, diante de um público pequeno, prejudicado pelo horário das 16h, o time da casa fez os paulistas suarem para conquistar uma importante vitória por 85 a 72 que os mantém no topo da tabela. Até aqui, o Limeira perdeu apenas um dos 11 jogos. Ao Minas, restou se conformar com a segunda derrota seguida, a quarta em 11 jogos.  Mesmo sem contar com importantes peças, como o ala Alex, o pivô Shilton, além do ala/armador Léo Demétrio e do armador Pitico, a equipe da capital conseguiu incomodar. “Não podemos usar estas ausências como desculpa. Cometemos erros, eles abriram, mas tivemos a capacidade e a disposição de encostar no placar. Em certo momento, a qualidade individual sobressaiu e fez a diferença. Mostramos que temos potencial e que acreditamos a todo momento. Agora é pensar no próximo jogo”, comenta o técnico do Minas Demétrius Ferracciú. Depois de abrir 7 a 2 no começo, a vantagem diminuiu, quando os visitantes acertaram a marcação. O ala Bruno Irigoyen, do Minas, ia bem e aproveitava os espaços deixados pela forte marcação no seu companheiro Collum. O norte-americano era vigiado de perto e na sua ausência, o jovem Coelho, autor de 19 pontos, dava conta do recado. O equilíbrio seguiu até o final do primeiro tempo, com o jogo empatado nos 38 pontos. No segundo tempo, o rendimento do Minas caiu, principalmente na defesa.  O armador Nezinho, autor de 16 pontos pelo Limeira, entrou no jogo e começou a comandar as ações de sua equipe, ao lado de David Jackson, cestinha da partida com 19 pontos. Um 59 a 42 mostrou a diferença de desempenho, que deixou os paulistas muito perto de mais um triunfo. No fim do terceiro quarto, o Minas fez a diferença cair dos 17 para 12 pontos, dando uma esperança para a última etapa. No último quarto, o Minas mostrou concentração. Aplicado na defesa, o time saía rápido nos contra-ataques para buscar o que lhe restava. A vantagem de Limeira caiu para cinco pontos faltando sete minutos. Em momento de pressão, o Limeira acertou uma bola de três com Ronald Ramon e a diferença chegou aos 10, jogando por terra um resultado melhor para o Minas. Na sexta-feira, o time encara, em casa, o Rio Claro Basquete-SP, lanterna do NBB7.  Para este jogo, Demétrius terá o retorno de Alex e Shilton.  

Leia tudo sobre: basqueteminaslimeiranbb