San Lorenzo vence na prorrogação, vai à final e dá presente ao Papa

Argentinos derrotaram o Auckland City por 2 a 1; Barrientos e Matos marcaram para os sul-americanos; Berlanga descontou para os neozelandeses

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

San Lorenzo's midfielder Pablo Barrientos celebrates his goal during the FIFA Club World Cup semifinal football match San Lorenzo vs Auckland City FC at the Marrakesh stadium in the Moroccan city of Marrakesh on December 17, 2014. AFP PHOTO/ FADEL SENNA
AFP
San Lorenzo's midfielder Pablo Barrientos celebrates his goal during the FIFA Club World Cup semifinal football match San Lorenzo vs Auckland City FC at the Marrakesh stadium in the Moroccan city of Marrakesh on December 17, 2014. AFP PHOTO/ FADEL SENNA

O San Lorenzo segue fazendo história. Depois de vencer, pela primeira vez a Copa Libertadores da América, o clube argentino se classificou para a final do Mundial de Clubes da Fifa e vai encarar o Real Madrid na final. Em um jogo apertado e vencido apenas na prorrogação, os hermanos derrotaram o Auckland City, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em Marrakech, no Marrocos, pelas semifinais da competição. Barrientos e Matos marcaram para os sul-americanos. Berlanga descontou para os neozelandeses.

Além de buscar o feito inédito para decidir o título com o clube espanhol, os jogadores do San Lorenzo prometiam a vitória como um presente para o Papa Francisco, que completou 78 anos nesta quarta-feira e é torcedor fanático do clube argentino.

O Real Madrid se classificou sem dificuldades ao golear os mexicanos do Cruz Azul, nessa terça-feira, por 4 a 0. A partida entre argentinos e espanhóis será no sábado, às 17h30 (horário de Brasília). Já o Auckland City terá pela frente o Cruz Azul, na disputa pelo terceiro lugar, às 14h30 (de Brasília).