Janot envia delação de Alberto Youssef para homologação no STF

Com o envio e futura homologação, caberá ao procurador pedir aberturas de inquéritos contra os políticos detentores de foro privilegiado

iG Minas Gerais | Folhapress |

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou nesta quarta-feira  17)a delação premiada do doleiro Alberto Youssef ao relator dos processos da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), Teori Zavascki. Caberá ao ministro homologar a delação.

Com o envio e futura homologação, caberá a Janot pedir aberturas de inquéritos contra os políticos detentores de foro privilegiado (deputados, senadores e ministros de Estado) citados nas delações.

A princípio, o procurador trabalhava com a expectativa de apresentar os pedidos de abertura de inquéritos, e em alguns casos a própria denúncia, ainda em 2014. Mas, como diversas informações chegam todos os dias aos investigadores da Lava Jato, o procurador já tem admitido a alguns interlocutores que o pacote pode ficar para o início do ano que vem.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave