Gilvan toma posse para segundo mandato no Cruzeiro nesta quinta

Cartola comandará a Raposa por mais três anos; novo período do advogado na presidência celeste vigorará de 2015 a 2017

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Presidente do Cruzeiro ficou satisfeito com mudanças apresentadas pela Minas Arena no retorno do Cruzeiro ao Mineirão
Washington Alves/VIPCOMM
Presidente do Cruzeiro ficou satisfeito com mudanças apresentadas pela Minas Arena no retorno do Cruzeiro ao Mineirão

Depois de ser candidato único à presidência para mais um triênio (2015 a 2017) à frente do Cruzeiro e ser eleito por aclamação – sem concorrência - pelos conselheiros da Raposa, Gilvan de Pinho Tavares tomará posse para o seu segundo mandato nesta quinta-feira. A cerimônia será realizada nos salões do Parque Esportivo do Barro Preto, às 19h30. O evento contará apenas com a participação da imprensa e membros do Conselho Administrativo do clube.

“Quem faz o time do Cruzeiro e quem me ajuda a pagar esse time é a torcida do Cruzeiro. A torcida é fundamental para estimular os atletas a ganhar os jogos no estádio e ainda, cada Sócio do Futebol procurar trazer outros Sócios para alcançar a cota que fixei de 100 mil Sócios no meu mandato. Vamos unir forças, vamos somar forças, quanto maior for o número de Sócios, maior será a nossa receita e melhor será o nosso time”, diz o presidente.

Gilvan foi eleito para comandar o Cruzeiro por mais três anos no último dia 9 de outubro. Em mais um triênio como chefe maior da Raposa, o presidente terá ao seu lado novos companheiros na cabeça da chapa: A vice-presidência ficará a cargo de José Francisco Lemos Filho e a segunda vice-presidência seguirá com Márcio Rodrigues Silva.

Em 2011, Gilvan de Pinho Tavares pôs fim à dinastia Perrella, que durava 17 anos no Cruzeiro. O atual presidente levou a equipe celeste ao bicampeonato brasileiro consecutivo (2013 e 2014), o tetra na soma geral de conquistas, e ao título de campeão mineiro em 2014. 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposagilvaneleiçãopresidente