SES aposta em crianças na luta contra o Aedes aegypti

De acordo com secretário da pasta, o público infantil é um importante mobilizador dentro de casa; jogo para celular já está disponível

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas/Bernardo Almeida |

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) lançou, na manhã desta quarta-feira (17), um aplicativo para celular, voltado para crianças, que tem como objetivo conscientizar quanto a atitudes do dia a dia que podem acabar com os criadouros do Aedes aegypti, que ao picar humanos pode transmitir a dengue e a febre chikungunya. O jogo para celular “Acabe com o Mosquito” já está disponível nas lojas online de aplicativo apenas para celulares com sistema Android. Ainda nesta quarta, estará também acessível para Windows e mais para frente para iOS.

“É só mais uma das ações para acabar com o mosquito e fizemos pensando nesse público, porque é um público que tem capacidade de mobilização dentro de casa”, justificou o secretário de estado de saúde, José Geraldo Prado.

A intenção da pasta é de que este novo jogo consiga um grande alcance, assim como aconteceu com “Dengue Ville”, lançado em 2011, que registrou um público de 1 milhão de usuários. Neste game, voltado para o público em geral, o intuito também é mostrar ações de prevenção de focos do mosquito.

O jogo

O game possui dez fases e a criança tem que aprender e aplicar ações que acabem com criadouros do mosquito, como não deixar água parada em vasos de plantas e pneus e guardar o lixo apropriadamente.

A ideia do “Acabe com o Mosquito” foi baseada em um jogo australiano, que trabalha com as maneiras estúpidas de morrer. Lá, o jogo foi feito para usuários do metrô, que apreendessem maneiras de se evitar acidentes. O resultado foi uma redução de 30% ocorrências.

Leia tudo sobre: denguejogocriançaaplicativoAedes aegyptifebre Chikungunya