Clubes e Ligas europeias querem jogar Copa-2022 em maio

As altas temperaturas do Catar durante o verão, fizeram com que dirigentes de equipes europeias pedissem a alterareção da data do Mundial

iG Minas Gerais | AFP |

Secretário-geral fez parte de uma comitiva da Fifa que desembarcou em Porto Alegre nesta segunda
STEFFEN SCHMIDT/ASSOCIATED PRESS
Secretário-geral fez parte de uma comitiva da Fifa que desembarcou em Porto Alegre nesta segunda

A Associação de Clubes (ECA) e as Ligas Profissionais (EPFL) da Europa propuseram nesta terça-feira disputar a Copa do Mundo do Catar-2022 entre os dias 5 de maio e 4 de junho.

A oito anos do início da competição, as datas do Mundial do Catar provocam uma grande polêmica. Previsto inicialmente para o verão, as altas temperaturas da região fizeram dirigentes, inclusive os presidentes da Fifa, Joseph Blatter, e da Uefa, Michel Platini, pedirem que seja jogado no inverno boreal (novembro-janeiro).

Os clubes e as Ligas europeias publicaram nesta terça-feira um comunicado conjunto em que explicam que disputar a competição em maio "seria menos traumático que no inverno", já que oferece "condições climáticas aceitáveis" para jogadores e torcedores.

"No pior dos casos, os jogos seriam disputados em circunstâncias similares as de algumas cidades do Brasil durante a Copa do Mundo-2014 (Fortaleza, Manaus) e melhores que em algumas partidas disputadas nos Mundiais do México (1986) e dos Estados Unidos (1994)", argumentaram a ECA e a EPFL.

O impacto sobre o calendário internacional seria "limitado ou insignificante", mas a maior parte dos campeonatos teria que "começar uma ou duas semanas antes e reduzir a parada invernal".

Caso o Mundial de 2022 for disputado entre maio e junho, o Ramadã, que acaba no dia 2 de maio, não interferiria com o início da competição.

"Há duas opções para a Copa do Mundo-2022 que são mais realistas -janeiro/fevereiro de 2022 ou novembro/dezembro de 2022-, mas também foi pedido à Fifa que analise maio de 2022", anunciou Jerome Valcke, secretário geral da Fifa, em novembro, durante uma reunião do grupo de trabalho encarregado de estudar o calendário.

Leia tudo sobre: copa do mundocatar2022uefafifaclubes europeus