Presos irmãos que agrediram prostituta a golpes de marreta em BH

Ao ser socorrida, vítima contou à polícia que agressão aconteceu depois que ela se recusou a transar com os dois homens ao mesmo tempo

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Dois irmãos foram presos, na madrugada desta quarta-feira (17), após agredirem uma prostituta de 55 anos no centro de Belo Horizonte a golpes de marreta. A agressão teria acontecido depois que a mulher se recusou a transar com os dois ao mesmo tempo.

De acordo com a Polícia Militar, os jovens, que moram na cabana do Pai Tomás, na região Oeste da capital, foram localizados horas depois do crime. Para militares do 1º Batalhão, eles teria desmentido a versão da vítima e afirmado que as agressões aconteceram por causa de uma dívida.

O crime aconteceu na noite dessa terça-feira (16) em um hotel da rua São Paulo.  Os homens de 18 e 27 anos subiram até o quarto 219 e, minutos depois, desceram as escadas correndo.

Colegas da vítima foram até o quarto e a encontram com ferimentos na cabeça. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII com afundamento de crânio.

Informações extraoficiais deram conta que agressores também teriam passado pimenta nas partes íntimas da prostituta. A reportagem de O TEMPO tentou contato no hotel, mas nenhum responsável foi encontrado para comentar o caso. 

A dupla foi encaminhada à Central de Flagrantes 2 (Ceflan).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave