Ocupação ameaça barragem que contém enchentes na Av. Mem de Sá

A barragem comporta 200 mil toneladas, de água, terra e detritos que podem ir parar no meio da Mem de Sá, em caso de rompimento

iG Minas Gerais | BERNARDO MIRANDA |

Uma ocupação irregular coloca em risco uma barragem construída para contenção de enchentes na avenida Mem de Sá, no bairro Santa Efigênia, região Leste de Belo Horizonte. Cerca de 40 famílias estão no terreno que pertence ao Parque Ecológico do Cardoso, que fica aos fundos do Aglomerado da Serra.

A barragem comporta 200 mil toneladas, de água, terra e detritos que podem ir parar no meio da Mem de Sá, em caso de rompimento. De acordo com a prefeitura de Belo Horizonte, os ocupantes da área estão retirando à cobertura vegetal e promovendo escavações irregulares para construção das moradias na encosta da barragem, o que compromete a estabilidade da obra.

Além disso, a população que invadiu o local também corre risco, já que as escavações criaram vários pontos de escorregamento.

A justiça já concedeu ordem de reintegração de posse para área, mas a Polícia Militar ainda não cumpriu o mandado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave