Gramado do Mineirão será completamente trocado para evitar alagamentos

Transtornos foram gerados por fibra recomendada pela Fifa, que atrasava absorção da água

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Durante os 10 próximos dias será feita o nivelamento do campo e, em seguida, o plantio do gramado
AGÊNCIA I7 / MINAS ARENA
Durante os 10 próximos dias será feita o nivelamento do campo e, em seguida, o plantio do gramado

Depois de enfrentar problemas com os alagamentos no gramado do Mineirão, em 2014, a Minas Arena divulgou, nesta terça-feira, que o piso do campo e a sua composição serão completamente trocados em 2015. Os transtornos, conforme o consórcio que gere o estádio, foram gerados por conta da fibra instalada no gramado após recomendações do caderno de encargos da Fifa. Ela faz com que a absorção da água seja mais lenta. Com as fortes chuvas que atingiram a capital mineira, o grama não suportou e acumulou mais água do que deveria. 

Sem mais o crivo da entidade internacional, responsável pelo estádio durante a Copa das Confederações e durante a Copa do Mundo, a empresa decidiu resolver o problema. As obras serão feitas em três etapas. A primeira foi a retirada completa do gramado e da fibra. Em seguida, será feito o nivelamento do campo, o que deve durar 10 dias. Por fim, será realizado o plantio do novo gramado.

O Gigante da Pampulha estará apto a receber os jogos do Campeonato Mineiro já no início de 2015.

Leia tudo sobre: GramadoMineiraotroca2015alagamentoestadioGigantePampulha