'Não sei se a Ferrari voltará a vencer', diz ex-presidente da equipe

Luca di Montezemolo acredita que a saída de Alonso e a chegada de Sebastian Vettel em 2015, foi o melhor que o time poderia ter feito

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

LUCA BRUNO /AP
undefined

Um dos maiores apoiadores de Fernando Alonso em sua passagem de cinco anos pela Ferrari, o ex-presidente da escuderia, Luca di Montezemolo, acredita que a saída do espanhol e a chegada de Sebastian Vettel em 2015 foi o melhor que o time poderia ter feito.

"Sinto muito pelo Fernando, mas acredito que Sebastian é a escolha certa. Ele e a Ferrari compartilham neste momento o mesmo desejo de redenção", afirmou o italiano, que deixou a presidência da Ferrari em outubro após 23 anos no cargo.

Apesar de acreditar que seu substituto, Sergio Marchionne, fez a escolha certa ao trazer o tetracampeão para Maranello, Montezemolo acredita que o time ainda precisa de tempo antes de voltar a vencer --em 2014, pela primeira vez desde 1993, a escuderia completou uma temporada sem vencer ao menos uma corrida.

O último triunfo da equipe italiana foi no GP da Espanha de 2013, justamente com Alonso.

"Não sei se a Ferrari vai voltar a vencer em breve. Espero que sim. Mas neste momento é importante que a equipe tente vencer [o Mundial] com paixão e garra. Depois veremos o resultado", completou o italiano, que liberou o piloto espanhol para deixar Maranello dois anos antes do fim de seu contrato.

O espanhol correrá pela McLaren no próximo ano e reeditará uma parceria que durou apenas uma temporada em 2007 --ele também deixou o time inglês dois anos antes do fim de seu acordo após uma série de desavenças com Lewis Hamilton, seu então companheiro de equipe.