Motoristas de transporte escolar protestam em Esmeraldas

Segundo trabalhadores, que são terceirizados, prefeitura deve mais de R$ 1 milhão

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Cerca de 30 motoristas que fazem transporte escolar em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte, protestam contra a prefeitura da cidade na manhã desta terça-feira (16). Eles cobram do município o pagamento de salários atrasados.

Segundo um motorista, que pediu para não ter o nome divulgado, há três meses, a prefeitura não pago os motoristas, que são terceirizados. “A dívida passa de R$ 1 milhão”, explicou.

Na última semana, os manifestantes, que levam crianças para as escolas municipais, deixaram de rodar um dia como forma de protesto. “A prefeitura fez contato com a gente e disse que pagaria pelo menos um mês de salário até o fim da semana passada, mas isso não aconteceu. Queremos uma posição”, desabafou o trabalhador.

A reportagem de O TEMPO tentou contato com a Prefeitura de Esmeraldas, mas as ligações não foram atendidas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave