Jovem é abordado por atiradores, pede 'mais prazo', mas é morto em bar

Homem foi baleado várias vezes por calibres diferentes; mãe disse à polícia que filho estava andando em "más companhias"

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Militar procura por dois homens que atiraram e mataram um jovem de 20 anos, na noite dessa segunda-feira (15), no bairro Santa Cruz, na região Nordeste de Belo Horizonte. Ao avistar a dupla, a vítima teria pedido “mais prazo”.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Bruno Lacerda Freitas estava sentado em uma cadeira de um bar, localizado na rua José Maurício, próximo a três homens que jogavam sinuca.

Nesse momento, os criminosos teriam chegado. Ao perceber a presença dos suspeitos, Freitas disse: “Dá mais um prazo”. Sem responderem ao pedido da vítima, os bandidos começaram a atirar. O jovem caiu da cadeira e, mesmo no chão, foi atingindo mais vezes.

A perícia esteve no local e constatou que Freitas teve várias perfurações provocadas por armas de calibres diferentes. A mãe da vítima esteve no local do crime e afirmou que o filho estava andando em “más companhias ”. Porém, a mulher não informou qual seria a autoria e motivação do crime.

Pedestres informaram aos militares do 16º Batalhão que os suspeitos fugiram em um Siena. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Venda Nova.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave