Williams anuncia novo diretor esportivo para 2015

Steve Nielsen estava na escuderia Toro Rosso e será responsável por fazer com que os membros do time cumpram exatamente as funções pré-determinadas

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Nielsen está na F-1 há 27 anos e já passou por equipes como Tyrrell, Renault e Caterham
Divulgação/ F-1
Nielsen está na F-1 há 27 anos e já passou por equipes como Tyrrell, Renault e Caterham

Terceira colocada no Mundial de Construtores da F-1 em 2014 e com o objetivo de desafiar a Mercedes no próximo ano pelo título, a Williams anunciou nesta segunda-feira (15) a chegada de mais um reforço para a temporada de 2015. O time contratou Steve Nielsen para o cargo de diretor esportivo.

O dirigente, que ocupava o mesmo cargo na Toro Rosso até este ano, será responsável por gerenciar a Williams em tudo que se refere à parte esportiva e fazer com que os membros do time cumpram exatamente as funções pré-determinadas.

Nielsen está na F-1 há 27 anos e, entre outras funções, já ocupou o cargo de chefe de equipe de Tyrrell, Honda e Arrows, e foi também diretor esportivo da Benetton, da Renault e da Caterham, mais recentemente.

"Estou muito feliz de me juntar a Williams, uma equipe que possui uma longa história na F-1 e que vem de uma temporada bastante impressionante em 2014", afirmou o dirigente.

Na corrida que encerrou o Mundial deste ano, o GP de Abu Dhabi, há três semanas, a equipe conseguiu pela primeira vez na temporada colocar seus dois pilotos no pódio. Felipe Massa foi o segundo colocado e Valtteri Bottas, o terceiro --Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu a prova e o campeonato.

"Em minha função poderei ajudar o time a ter certeza que nossas operações na pista tenham o mais alto padrão e que maximizaremos nossa performance do ponto de vista esportivo. A Williams tem um grupo de pessoas muito talentosas e estou ansioso por trabalhar com eles", completou Nielsen. Diretor técnico do time inglês, Pat Symonds elogiou a chegada do reforço.

"Steve traz muita experiência na parte esportiva da F-1 e vai nos ajudar a crescer ainda mais. Ele já venceu campeonatos no passado e sabe o que é necessário ser feito para que a Williams consiga fazer isso novamente. Temos uma equipe talentosa e que vai melhorar ainda mais com a chegada de Steve na próxima temporada", afirmou Symonds.

Leia tudo sobre: steve nielsenwilliamsformula 1toro rosso