Atraso no governo de MG afeta salários de professor técnico

iG Minas Gerais |

Os atrasos nos pagamentos por parte do governo de Minas acabaram por atingir também os professores do ensino técnico do Estado. Mesmo depois do quinto dia útil do mês, profissionais da educação contratados e designados da Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais (Utramig) ainda não haviam recebido os salários de novembro e dezembro, estando sem receber desde outubro, apesar de continuarem prestando o serviço. Depois de receberem a promessa de que o dinheiro seria repassado em várias datas, os servidores foram informados de que o pagamento ocorreria na sexta-feira, 19 de dezembro, às vésperas do Natal.

A denúncia chegou até a coluna Aparte depois que o revelou o fato de fornecedores do governo de Minas enfrentarem problemas para receber das secretarias do Estado. Empresas contratadas pelas secretarias de Cultura, Defesa Social e Saúde não estavam recebendo os pagamentos em dia.

Questionada sobre o tema, a Utramig alega que os atrasos nos pagamentos ocorreram apenas em dezembro, devido à inoperância do sistema de pagamentos da instituição e que os salários dos servidores serão pagos até a terça-feira (16). A Utramig destacou que a falha não está relacionada a questões orçamentárias. O atraso nos pagamentos atinge os professores licenciatura e também os profissionais da área administrativa da unidade de Nova Lima.

Segundo a fundação, os professores ligados aos cursos oferecidos pelo Programa de Ensino Profissionalizante (PEP) e do Pronatec estariam recebendo os salários em dia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave