Cruz Azul espanta zebra australiana e pega o Real na semi do Mundial

O time do México, que chegou ao torneio como campeão da América do Norte e Central, perdia para o adversário, de apenas dois anos de idade e que foi campeão da Ásia, até aos 43min do segundo tempo

iG Minas Gerais | Folhapress |

O Cruz Azul sofreu bastante em sua estreia no Mundial de Clubes da Fifa neste sábado (13), em Rabat, no Marrocos, para vencer o australiano Sydney Wanderers por 3 a 1 na prorrogação após empate por 1 a 1 no tempo normal.

O time do México, que chegou ao torneio como campeão da América do Norte e Central, perdia para o adversário, de apenas dois anos de idade e que foi campeão da Ásia, até aos 43min do segundo tempo, quando conseguiu a igualdade no placar.

Agora o Cruz Azul enfrentará o Real Madrid na semifinal, que será realizada na próxima terça-feira (16), às 17h30, na mesma cidade.

O jogo acabou sendo prejudicado pela forte chuva, que castigou o gramado. A organização teve que usar até esponjas como sistema de drenagem. O gol do Sydney Wanderers saiu já no segundo tempo. A bola acabou sobrando para o italiano Icaopo La Rocca, que acertou o chute de fora da área.

Pouco depois Spiranovic foi expulso, e o Cruz Azul começou a pressão. Acabou sendo premiado e conseguiu o empate com Torrado em cobrança de pênalti já aos 43min da etapa final. Na prorrogação, o Sydney teve mais um expulso: Topor-Stanley. E assim, o Cruz Azul teve a sua tarefa facilitada. Nos primeiros minutos do segundo tempo do tempo extra, os mexicanos conseguiram o segundo gol, com Pavone. Depois, já no fim, Torrado fez novamente em nova penalidade.

No outro jogo do dia, o Auckland City, campeão da Oceania, conseguiu avançar às semifinais pela primeira vez ao derrotar o Sétif, campeão africano, por 1 a 0, gol de Irving logo no começo do confronto.

Agora, a equipe da Nova Zelândia vai enfrentar o argentino San Lorenzo na próxima quarta-feira (17), às 17h30, em Marrakesh.

Leia tudo sobre: futebolmundial de clubescruz azul