Chelsea vence o Hull City e mantém vantagem sobre o Manchester City

Blues venceram por 2 a 0, com participação de Oscar no primeiro gol e Diego Costa anotando o segundo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Meio-campista brasileiro Oscar foi um dos destaques do Chelsea na vitória deste sábado
DIVULGAÇÃO/CHELSEA
Meio-campista brasileiro Oscar foi um dos destaques do Chelsea na vitória deste sábado

Precisando se recuperar no Campeonato Inglês após a derrota frente ao Newcastle, o Chelsea voltou a campo neste sábado (13) e bateu o Hull City por 2 a 0, em partida válida pela 16ª rodada.

O time comandado por José Mourinho abriu o placar logo aos 6 minutos, em bola levantada por Oscar e que contou com cabeçada do belga Hazard para vencer o goleiro McGregor.

O segundo gol saiu aos 22 minutos da etapa completar com Diego Costa. O camisa 19 recebeu passe de Hazard e bateu cruzado para dar números finais ao jogo. Com o gol o atacante chega a 12 no Campeonato Inglês e encerra um jejum de quatro partidas sem marcar.

Apesar da vitória, a equipe londrina pareceu sentir falta do meio-campista espanhol Cesc Fábregas, suspenso, e não conseguiu apresentar um futebol envolvente como em rodadas anteriores. Os brasileiros Willian, Oscar, Filipe Luis e Ramires seguiram a tônica do time e apresentaram um futebol discreto.

O Hull City ainda teve o volante Huddlestone expulso de campo, aos 14 do segundo tempo, por entrada dura em Filipe Luis.

A vitória mantém o time na liderança do Campeonato Inglês, com 39 pontos, três de vantagem em relação ao seu principal concorrente, o Manchester City, que venceu o Leicester City por 1 a 0 e chegou a 36.

Já o Hull City permanece na 18ª colocação, com apenas 13 pontos. A equipe comandada por Steve Bruce está a nove jogos sem vencer e começa a se preocupar com o rebaixamento.

Na próxima rodada, a 17ª, o Hull City recebe o Swansea, no KC Stadium, sábado (20), às 13 horas, enquanto o Chelsea viaja para duelar com o Stoke City, no Britannia Stadium, segunda-feira (22), às 18 horas.

Leia tudo sobre: chelseapremier leaguediego costa