Vélez recebe proposta do Galo por Pratto e impõe barreira

Nos bastidores do Atlético a contratação é dada como certa; alguns detalhes financeiros precisam ser fechados

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Apesar do acerto entre Atlético e Vélez Sarsfield-ARG pelo atacante Lucas Pratto ser dado como certo nos bastidores do Galo, alguns detalhes ainda impedem que a contratação seja confirmada oficialmente pelas partes envolvidas.

“Está faltando um aperto de mão”, disse o presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, em entrevista ao programa MG no Ar, da Rede Record. Um novo encontro em solo argentino aconteceu na última sexta-feira, mas o Vélez pediu garantias de que o valor pedido pelo atacante – algo que seria em torno de R$ 10 milhões – será pago integralmente.

El Fortín, nome cujo qual o Vélez é conhecido por lá, está ciente dos atuais problemas financeiros vividos pelo Atlético, fato repetido, inclusive, no imbróglio entre o Galo e o Al-Gharafa pelo não pagamento da segunda parcela da compra de Diego Tardelli.

Como resposta a este “medo” dos argentinos, o Galo aponta que um parceiro foi acionado e irá arcar com as contas, pelo menos iniciais, da transferência de Pratto. A proposta do Atlético pelo argentino é de aproximadamente de US$ 4 milhões por Lucas Pratto. O contrato com o atacante seria de três anos.

Renovações. O tempo tomado pela negociação para o acerto com Pratto deixa a diretoria do Galo sem o foco necessário para concretizar as renovações já encaminhadas do zagueiro Edcarlos e do volante Josué.

Omar Vasconcellos, empresário de Josué, busca um contato com o diretor de futebol Eduardo Maluf. Contudo, o dirigente não atende os telefonemas. Já a situação do defensor é mais tranquila, já que o agente dele, André Cury, também está nas tratativas por Pratto.

Leia tudo sobre: atleticogalofutebolprattolucas pratto