Ataque taleban mata 2 soldados da Otan no leste do Afeganistão

A Otan se recusou a dar mais detalhes do ataque, como costuma ser habitual neste tipo de caso, já que deixa nas mãos das respectivas autoridades dos países de origem a identificação das vítimas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Dois membros da missão da Otan no Afeganistão, a Isaf, morreram em um ataque taleban no leste do país, informou neste sábado (13) a Aliança Atlântica.

A Otan se recusou a dar mais detalhes do ataque, como costuma ser habitual neste tipo de caso, já que deixa nas mãos das respectivas autoridades dos países de origem a identificação das vítimas. Fontes policiais da província de Parwan disseram que na noite desta sexta-feira (12) houve uma explosão na passagem de um comboio de tropas estrangeiras no distrito Bagram.

O chefe policial de Parwan, Muhammad Zaman Mamozai, afirmou à Agência Efe que uma "bomba improvisada" detonou quando os militares passavam e, embora não tenha conseguido dar detalhes das baixas do contingente militar, garantiu que não houve vítimas civis.

Por sua vez, o porta-voz taleban Zabihullah Mujahid indicou no Twitter que um comboio de tropas estrangeiras foi atacado com uma bomba em Bagram, deixando um "veículo completamente destruído", e assegurou que pelo menos cinco soldados morreram. Os talebans costumam dar balanços pouco precisos e exagerados dos ataques.

O Afeganistão atravessa um de seus momentos mais complicados com um aumento nos últimos meses dos ataques talebans tanto na capital, Cabul, como em diferentes pontos do país, justamente quando a missão da Otan está prestes a terminar, no próximo dia 31 de dezembro.

No entanto, os Estados Unidos pretendem manter 10.000 soldados até 2024 e a Aliança Atlântica continuará no país com entre três mil e quatro mil militares com um novo papel a partir de 2015, o de assessoria de tropas afegãs.

FOLHAPRESS

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave