Performatividade da estrutura arquitetônica

Com direção artística de Cristina Machado e coreografia de Patrícia Werneck, companhia abre sua sala de ensaio

iG Minas Gerais | gustavo rocha |

Companhia ocupa o quarto andar de prédio situado no Parque Municipal
PAULO LACERDA/ DIVULGAÇÃO
Companhia ocupa o quarto andar de prédio situado no Parque Municipal

Abrir as portas de sua própria casa e explorar sua arquitetura foi o que motivou a Companhia de Dança do Palácio das Artes ao pensar em um novo espetáculo. Assim surgiu “MU – Entre a Coreografia e a Habitação”, que estreia amanhã, no quarto andar da Fundação Clóvis Salgado, na Sala Klauss Vianna. “Queríamos criar uma relação inversa. Ou seja, ao invés de partimos da arquitetura desse espaço, partimos de nossos corpos e de suas potências para que o espaço de alguma maneira dialogasse com o que estamos propondo”, sinaliza a diretora artística da companhia e do trabalho, Cristina Machado.

É preciso situar aquele que não conhece o prédio onde a Cia. de Dança tem sede. Trata-se de uma construção de Oscar Niemeyer, dentro do Parque Municipal, rodeada por árvores. “Foi um reencontro com o verde, com a floresta, a selva”, comenta Cristina. Dentre algumas das peculiaridades do prédio está um corredor em curva. “Esse corredor nos remete à coluna vertebral humana. Dá a sensação de estarmos dentro de uma estrutura biológica, viva. O espaço sinuoso, mais fisiológico”, filosofa.

Por falar em coluna vertebral, o trabalho se vale da técnica que ideokinesis, que é utilizada para fins terapêuticos e medicinais. A ideokinesis foi aplicada pela coreógrafa responsável por “MU”, Patrícia Werneck. Com uma fina percepção da coluna vertebral, os bailarinos são estimulados a construir sua dança.

Em japonês, MU significa o Nada, o Vazio, o Vácuo. Ao longo da performance, é possível identificar as explorações de movimento do corredor e da sala. Um blog com relatos do processo criativo de “MU” é uma boa alternativa para se inteirar do trabalho: www.ocupacaocoreografica2014.wordpress.com

Serviço. “MU – Entre a Coreografia e a Habitação”. Hoje e amanhã, às 20h30 e domingo, às 19h30, na Sala Klauss Vianna – 4º andar da Fundação Clóvis Salgado. Ingressos gratuitos, com retirada 20 minutos antes no balcão de informações do Palácio das Artes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave