O colecionador de nomes incomuns

Cada nome diferente que José Carlos Ribeiro Drummond, 81, ouve ele anota e atualmente, além dos familiares, até os amigos dos netos ajudam na coleção

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Na maioria das vezes nomes incomuns causam estranhamento, chamam a atenção, despertam curiosidade ou um sorriso, mas para José Carlos Ribeiro Drummond, 81, eles são mais do que isso, já que ele coleciona os nomes diferentes. É da televisão, de recortes de jornais e de revistas que ele retira os nomes para a coleção.

Todos são anotados em rascunhos e depois ele passa para uma lista oficial. Além de nomes próprios, o idoso, atualmente aposentado, também coleciona nomes incomuns de cidades. A lista extensa, ele já não sabe ao certo quantos nomes foram colecionados, cresce a cada dia de forma colaborativa, já que além de familiares, os amigos dos netos também ajudam na coleção.

Veja o vídeo com o aposentado contando um pouco da história do colecionador:

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave