Agradecido, Marcus Salum se despede do América em eleição

Com mais de 20 anos de atividades, dirigente deixa comando do clube

iG Minas Gerais | LOHANNA LIMA |

Dirigente concedeu entrevista nos estúdios da TV O TEMPO
TV O TEMPO/DIVULGAÇÃO
Dirigente concedeu entrevista nos estúdios da TV O TEMPO

Em clima de despedida, o presidente do América Marcus Salum acompanha a eleição, com chapa única, do novo Conselho Administrativo do Coelho, que acontece até às 20h desta quinta-feira na sede administrativa do clube. Há mais de 20 anos de executando diversas atividades no clube, o dirigente demonstrou gratidão e deixou claro que está à disposição para atender o novo conselho sempre que solicitado.

“Estou muito satisfeito com todos os projetos que conseguimos. Hoje temos o projeto da concentração e muitos outros, mas no momento preciso descansar um pouco porque é muito trabalho. Tenho como principio que toda entidade tem que ter oxigenação de poder. O poder não pode ficar sempre com a mesma pessoa, senão você acaba pensando sempre na mesma direção. Estamos muito felizes por essa reciclagem e eu estou aqui para ajudar se precisarem de mim”.

Salum garante que não participou da montagem do no elenco para a temporada de 2015 e que essa será a primeira função do novo conselho administrativo.

“Acho que o projeto da montagem da equipe está bem estruturado. Realmente, não vou participar disso. São anos e mais anos fazendo trabalhando com a montagem, acho que agora mereço um descanso. Deixa a turma lutar um pouco para montar o time”.

Além de Marcus Salum, deixam o América o advogado Afonso Celso Raso e os empresários José Flávio Lanna Drumond, Magnus Lívio e Olímpio Naves. Chegam ao clube o engenheiro Marco Antônio Batista, o advogado Anderson Racilan, o funcionário executivo Euler Araújo, o o economista  Paulo Eduardo Rocha Brant, e o empresário do setor financeiro Fabiano Jardim.

O advogado Paulo Ramiz Lasmar, o promotor Francisco de Assis Santiago, o jornalista Teodomiro Braga e o deputado estadual Alencar da Silveira Junior são remanescentes da atual administração e completam a nova chapa.

Leia tudo sobre: AmericaeleicoesdespedidaMarcus Salumnova diretoriapossechapa unica