Governo disponibiliza R$ 1,6 bilhão ao PAC Cidades Históricas

Entre as obras do programa apresentadas como concluídas, estão trechos dos metrôs de Salvador e do Recife e sistemas de BRT no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte e o trem urbano São Leopoldo em Porto Alegre

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Dezessete obras de mobilidade urbana que integram o Programa de Aceleração do Crescimento no período 2011-2014 (PAC 2) foram concluídas até outubro e 14 empreendimentos estão em fase final, de acordo com o balanço do programa apresentado nesta quinta-feira (11) pelo governo.

Entre as ações concluídas, estão trechos dos metrôs de Salvador e do Recife e sistemas de BRT no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte e o trem urbano São Leopoldo – Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre.

As obras de mobilidade urbana fazem parte do eixo Cidade Melhor do PAC, que também inclui obras de saneamento, prevenção em áreas de risco, pavimentação e inclusão digital.

Nas ações de saneamento, o governo diz que 1,3 mil obras foram concluídas no PAC 2, entre elas, a ampliação do sistema de esgotamento sanitário na Baixada Santista. Até outubro, 76% dos empreendimentos dessa área do programa foram contratados, num total de R$ 26,1 bilhões.

Dentro do chamado PAC Cidades Históricas, o governo diz que R$ 1,6 bilhão foram disponibilizados para recuperação de sítios urbanos e monumentos históricos em 44 cidades. No total, 424 monumentos em todo o país terão recursos federais para restauração.

Entre as ações de inclusão digital, o balanço do PAC destaca investimentos de R$ 200 milhões em 262 municípios para ações como instalação de redes de fibra óptica e pontos públicos de acesso à internet.

No eixo Comunidade Cidadã, que agrupa investimentos do PAC em áreas sociais como saúde, educação, esporte e cultura, o governo destaca a contratação de 14.448 unidades básicas de saúde no PAC 2, num total de R$3,7 bilhões, das quais 3,3 mil foram concluídas até outubro.

Já as unidades de pronto-atendimento receberam R$ 1 bilhão de investimentos no PAC 2, com 484 unidades contratadas. Dessas, 39 foram concluídas até outubro.

O balanço também detalha investimentos em creches e pré-escolas entre 2011 e 2014: R$ 7,7 bilhões na contratação de 6 mil unidades em 2,4 mil municípios. Desse total, 3.468 estavam em obras e 786 foram concluídas até outubro. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave