Dupla da McLaren se espelha em Senna e Prost por título da F-1

Com a chegada de Fernando Alonso, a manutenção de Jenson Button e a parceria com a Honda, a escuderia inglesa pretende remontar a "equipe dos sonhos" da F-1

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Alain Prost e Ayrton Senna conquistaram vários títulos com a McLaren
Divulgação
Alain Prost e Ayrton Senna conquistaram vários títulos com a McLaren

A McLaren pretende voltar aos tempos de glória na F-1 e para isso já está planejando uma nova equipe para a temporada 2015. O time inglês terá o retorno dos motores Honda e contará com a presença de grandes pilotos: o espanhol Fernando Alonso e o britânico Jenson Button – que já está há seis temporadas na escuderia.

E o objetivo do time de Ron Dennis é um só: formar novamente a “equipe dos sonhos” da Fórmula 1, como aconteceu no final dos anos 80, quando o brasileiro Ayrton Senna e o francês Alain Prost eram os pilotos da equipe e os motores dos carros eram da Honda.

A escuderia foi tetracampeã seguida da F-1 com esse timaço: três títulos com Ayrton (1988,1990 e 1991) e um com Alain (1989) – que faturou outros dois campeonatos com a McLaren antes da parceria com a Honda (1985, 1986) e saiu da equipe em 1990.

E tanto Alonso, quanto Button se espelham nos feitos dos ex-pilotos da McLaren para tentar alcançar o título da F-1 na próxima temporada.  O espanhol afirmou nesta quinta-feira, que Senna é o seu maior ídolo nas pistas e que quer seguir os passos do brasileiro na McLaren.

“Uma das parcerias mais lendários da história da Fórmula 1 é a McLaren-Honda, carro em que Ayrton pilotou. É a mesma parceria para o qual estou me juntando agora e tenho a honra de participar no próximo mundial de Fórmula 1,” afirmou Alonso.

Button também lembrou os grandes momentos da dupla Senna-Prost na McLaren. Mas diferente de Alonso, o seu grande ídolo era Alain.

“Eu tenho uma grande admiração por Ayrton Senna, mas as façanhas que mais me inspiraram quando menino eram do seu companheiro na McLaren-Honda, Alain Prost. O jeito em que ele conduzia de forma brutal aqueles lindos carros vermelho e branco nos Grand Prixs, nas vitórias e conquistas dos campeonatos, e na minha mente, era poesia em movimento. E eu tentei imitar seu estilo de condução desde então”, concluiu Button. 

Tanto Alonso, quanto Button já foram campeões da F-1. O espanhol faturou dois campeonatos quando corria pela Renault (2005 e 2006). Já Jenson conquistou o seu único título em 2009, pela Braw GP. 

Leia tudo sobre: mclarenhondajenson buttonfernando alonsoayrton sennaalain prost