McLaren anuncia Alonso e Button como pilotos para temporada 2015

Titular em 2014, o dinamarquês Kevin Magnussen ficará como reserva no próximo ano

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Nesta manhã de quinta-feira, a escuderia britânica apresentou o time de 2015
Divulgação/ McLaren
Nesta manhã de quinta-feira, a escuderia britânica apresentou o time de 2015

Acabou o suspense. A McLaren finalmente anunciou na manhã desta quinta-feira a dupla de pilotos para a temporada da Fórmula 1 em  2015: o espanhol Fernando Alonso e britânico Jenson Button. Já o dinamarquês, Kevin Magnussen, que foi titular da equipe neste ano, ficará como piloto de testes e reserva do time inglês.  

A vinda de Alonso para a McLaren já era dada como certa, desde setembro deste ano, quando começaram a surgir especulações na imprensa italiana de que o espanhol deixaria a Ferrari, após cinco temporadas. Ron Dennis, chefe da equipe, confirmou nesta quinta que Alonso já havia assinado contrato com a escuderia há algum tempo.

“A política da McLaren sempre foi de reunir o time mais forte possível, e com Fernando e Jenson, acredito firmemente que é exatamente o que temos . Nós assinamos com Fernando há  um tempo, mas decidimos não anunciar o fato até que tivéssemos renovado contrato com Jenson, que será seu  companheiro de equipe", revelou Dennis. 

Outro fator determinante para o retorno de Alonso à escuderia após sete anos – o espanhol foi titular da equipe em 2007, mas deixou o time no ano seguinte, após insatisfações-  foi o retorno da Honda  como parceira da McLaren. A montadora japonesa irá fornecer os motores dos carros em 2015 e com isso exigiu um piloto competitivo no time, numa tentativa de remontar a “equipe dos sonhos” do final dos anos 80, quando venceu quatro campeonatos seguidos da F-1:  três com o brasileiro Ayrton Senna (1988,1990,1991) e um com o francês Alain Prost (1989).

“Estou me juntando a esse projeto com enorme entusiasmo e determinação, sabendo que ele pode exigir algum tempo para alcançar os resultados que estamos buscando, o que não é problema para mim”, disse Alonso.

Além de anunciar Alonso, a McLaren confirmou a permanência de Button como titular da equipe. Nos últimos dias, a imprensa internacional especulou uma possível aposentadoria do britânico da principal categoria do automobilismo. Especulava-se que Jenson iria disputar o Mundial de Endurance da FIA, correndo pela equipe Porsche.

Mas o desejo de Button era seguir na F-1 por mais um tempo. “Estou extremamente animado para embarcar no meu 16º ano na Fórmula 1 e minha sexta temporada pela McLaren. Assim como Fernando, estou certo de que a McLaren e Honda vão conseguir grandes coisas juntas, e tenho certeza de que, trabalhando juntos, todos nós vamos dar duro para criar uma equipe vencedora e muito eficaz”, afirmou o inglês.

Na temporada 2014 da F-1, Fernando Alonso terminou em sexto lugar no Mundial de Pilotos. Já Button ficou em oitavo e Kevin Magnussen, em 11º. 

Leia tudo sobre: mclarenformula 1hondajeson buttonfernando alonsokevin magnussenron dennis2015