Homem mata a sogra, a filha de 6 meses e se mata em São José da Lagoa

O crime teria sido motivado por ciúme, já que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da criança, que tem 16 anos

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Um crime bárbaro chocou os moradores de São José da Lagoa, na zona rural de Curvelo, na região Central do Estado, nessa quarta-feira (10). Um homem de 26 anos invadiu a casa da ex-namorada, na localidade de Bananal, matou a sogra e a filha dele, de apenas 6 meses, e suicidou-se.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime teria sido motivado por ciúme, já que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da criança, que tem 16 anos. Na noite anterior, segundo a corporação, o autor dormiu nos fundos da fazenda onde a adolescente vivia com a família. De manhã, ele entrou na casa com um revólver calibre 32 e começou a atirar.

A mãe da jovem, de 44 anos, foi atingida por dois disparos e morreu no local. A adolescente foi alvo de outros dois disparos, que não a acertaram. Em seguida, o homem atirou na testa da filha de 6 meses, que estava num carrinho de bebê, e se matou com um tiro no peito.

Os militares foram acionados pela adolescente e tentaram socorrer o bebê, que ainda estava com vida quando deixou a fazenda, mas morreu a caminho do hospital. A perícia esteve no local, realizou os trabalhos e liberou os corpos para a funerária.

Medida protetiva

A adolescente contou à PM que o ex-companheiro já havia feito ameaças a ela e à família em outras oportunidades. Por este motivo, ela procurou a polícia e conseguiu uma medida protetiva expedida pela comarca de Curvela, que proíbia o atirador de se aproximar dela mais do que 500 m e vetava a comunicação entre os dois por qualquer meio.

Segundo a jovem, o ex-namorado morava em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, e era muito ciumento. Segundo informações que consta no Boletim de Ocorrência, ele estava em liberdade provisória e já havia sido preso por ameaça e porte ilegal de arma de fogo.

No local, a polícia encontrou a arma usada no crime com 6 cartuchos deflagrados. No bolso da bermuda do autor foi encontrada mais munição. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Curvelo.  

Leia tudo sobre: crimecurvelosão josé da lagoa