Livro e exposição comemoram 25 anos de carreira de escultor

Leandro Gabriel revisita obras mais marcantes de sua trajetória e abre instalação no Barreiro

iG Minas Gerais | Lygia Calil |

Obra. Instalação de 2005 faz parte do acervo do Parque das Águas
Daniel Moreira
Obra. Instalação de 2005 faz parte do acervo do Parque das Águas

Seja em plena paisagem urbana, na frente da Câmara Municipal e na porta do shopping Ponteio, ou em ambientes mais bucólicos, como o parque na serra do Rola Moça, as peças do artista plástico Leandro Gabriel chamam a atenção onde estão instaladas.

Com suas formas orgânicas, a maioria em material de rejeito, como sucata de ferro, as esculturas se integram aos espaços que ocupam. Para comemorar 25 anos de carreira, o artista belo-horizontino lança hoje o livro “Leandro Gabriel - Esculturas” e abre a exposição “Invólucro” no Viaduto das Artes, na região do Barreiro.

O livro consumiu dois anos de trabalho e faz um recorte das principais obras do artista. “Acabei resgatando séries bem antigas, ainda da década de 1990. Fiquei feliz de perceber que no conjunto sigo uma mesma linha, há um raciocínio que permeia todas as obras. Isso é muito importante para qualquer artista” diz ele.

Em edição bilíngue, o livro traz imagens de 130 obras do escultor e críticas de artistas como Paulo Laender e do crítico Marcus de Lontra Costa. “Para mim, foi importante saber o que pensam da minha obra. Foi interessante para fazer uma reflexão sobre meu trabalho. Foi bom ver que ele não passa a esmo. As pessoas notam”, afirma o artista.

Leandro é um dos idealizadores do Viaduto das Artes, espaço sob o viaduto Engenheiro Andrade Pinto, que reúne uma galeria de arte, o ateliê do artista, uma biblioteca e sala para oficinas. Além de ser o local de trabalho do artista, é também onde vai acontecer o lançamento do livro, com sessão de autógrafos e a abertura da nova exposição.

“Estando aqui, me sinto mais próximo do público que não frequenta exposições e galerias, que não tem acesso e conhecimento sobre as artes. As pessoas param, vêm conversar, me dão um retorno muito positivo. O que eu busco é despertar o interesse delas, a curiosidade, o pensamento”, analisa ele.

A exposição inédita é composta de uma instalação em forma de casulo. “Busquei um diálogo entre a obra, a arquitetura do viaduto que a rodeia e as pessoas que vêm ver”, explica Leandro.

Agenda

O quê. Abertura da exposição “Invólucro” e lançamento do livro de Leandro Gabriel

Quando. Hoje, às 20. Visitação das 9h às 17h, até 12 de janeiro.

Onde. Viaduto das Artes (av. Olinto Meireles, esquina com av. Afonso Vaz de Melo, Barreiro)

Quanto. Entrada franca

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave